Xadrez de uma

Rainha negra, me dê a mão, mova um peão. Uma ou duas casas, ou um e dois passinhos. 

Olá, Rainha Negra, coloque sua coroa, o melhor sorriso no rosto, seus navios ao mar. Derrube seu rei, e seus bispos das torres, e todos os amores que te fizeram chorar.

Rainha Negra, no meu reino já acabou a monarquia: viva a anarquia! Viva a liberdade de sonhar! Me dê a mão, Rainha Negra, sorria. Não precisamos mais de rei na nossa melodia, não precisamos mais reinar para reinar. 

Hoje, Rainha Negra, somos peoas, somos bispas e torres, cavalos e navios. Pare seus peões, coloque sua coroa e me dê a mão. Dois passinhos pro lado, dois passinhos pro outro… e um sorriso pro céu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s